Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Do Director do Diário de Notícias recebi esta resposta à minha ‘’carta aberta’’.

A resposta do Senhor Director vinha acompanhada de uma tabela de preços de publicidade.

Confesso que não me ocorre um comentário. Aqui fica para memória futura, com a minha réplica.

A culpa é do Sérgio Azenha.

Excelentíssimo Senhor João Marcelino.

 

Agradeço a atenção da sua resposta.

Obviamente, não esperava que Vossa Excelência se sentisse compulsivamente obrigado a publicar a minha carta. Também conheço a lei.

Pensei que talvez Vossa Excelência e o Diário de Notícias fossem, pelo menos, sensíveis ao apelo e partilhassem a minha preocupação face ao desaparecimento de uma colecção de obras de arte que, para lá de faltar como prova material num processo judicial, pode vir a revelar-se um irreparável atentado ao património público, caso não seja com todo o zelo e urgência resgatada.

Não esperava que Vossa Excelência publicasse a minha carta, mas vou eu, de graça e por graça, publicar a sua.

Os meus melhores cumprimentos.

 

Manuel de Castro Nunes.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)




MCN

foto do autor


Escreva-nos

oficinadalingua@gmail.com

Pesquisar

  Pesquisar no Blog







.


.