Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Portugal transformou-se num palco de guerra entre espiões, polícias e ladrões.

Depois da roleta russa do Tribunal da Relação ter escolhido Agostinho Torres para apreciar o recurso de José Sócrates contra a prisão preventiva, calham agoras as sortes a Santos Cabral para relator do pedido de ''habeas corpus''.
Agostinho Torres foi adjunto de Santos Cabral na direcção da Polícia Judiciária.
Maçonarias?
Maçonaria só há uma, a do Sócas e mais nenhuma.
O resto são comendas da venerável ordem de nosso senhor Jesus Cristo.

pj-684b.jpg

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Maria a 10.03.2015 às 22:02

ó Jasmim, cheirozinha/o, não vai ser preciso. O teu amigo super alex já anda de cú apertado, ou não andas a acompanhar as notícias? Não te rales que ele se safa. Quanto ao outro, já não te digo as consequências, vais ter de esperar para ver. Depois vamos ironizar mais.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 15.03.2015 às 13:43

Não estou assim tão confiante. A corporação está toda feita uma com a outra. Sócrates mesmo com a verdade e a razão todas do seu lado tem um duro combate pela frente. Até que a verdade e a razão GRITEM A PLENOS PULMÕES e seja insustentável o seu ruído ensurdecedor.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



MCN

foto do autor


Escreva-nos

oficinadalingua@gmail.com

Pesquisar

  Pesquisar no Blog